Nome da Doença: Gases intestinais ou flatulência (ajuda nos sintomas)
 
 
Tratamento: Sergundo Dirceu (dirceu@paz.org.br) tomar fórmula Gases (composto), ou as plantas: espinheira-santa, camomila, hortelã, bardana, melissa, poejo, boldo. Indicação especial: Alecrim-da-horta ou Alecrim-do-campo. Geralmente pode ser proveniente de alimentação errada, ou alergia por certos alimentos principalmente leite, por prisão de ventre constante, colite. Avaliar a causa correta e tratar especificamente. Quando não houver causa definida, usar a planta Espinheira-santa (Maytenus elicifollia), folhas, decocto/infuso. No caso de preparados na forma aquosa usar: até 2 anos: 1 gota/kg; de 3 anos à 7 anos: uma colher de café; de 7 até 12 anos: uma colher de chá; mais de 12 anos : uma colher de sobremesa. Em todas as idades, usar 3 vezes ao dia. No caso de usar na forma de cápsulas contendo pó seco e moído da mistura de plantas indicadas ou de uma planta, tomar 1 cápsula, 3 vezes ao dia, 15 minutos antes das refeições,"em estado de fome", [prática que pode ser usada nas formulações aquosas] ou quando se fizer necessário.
 
 
Sintomas: Formação intensa de gases nos intestinos, e consequentemente sua constante eliminação (pela bocas ou pelo ânus). Podem ter diferentes odores. Pode ocorrer dificuldade em elimina-los. Segundo Dr. Degmar, normalmente é produto da fermentação dos alimentos pela flora bacteriana digestiva. Causados pelos erros de combinação ou quantidade de alimentos, sendo os mais freqüentes o leite de vaca, doces, leguminosas, repolho, brócolis, couve-flor. Podem ocorrer também provenientes de patologias funcionais ou orgânicas (discinesias biliares, calculose biliar, insuficiência pancreática, obstipação intestinal, síndrome do cólon irritável, etc. Conseqüências: o aumento de fermentação crônica pode aumentar a absorção de radicais livres produzidos pelo processo de fermentação intestinal, aumentando o risco de doenças degenerativas (segundo conceito da medicina naturalista). Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos - Reader´s Digest: a flatulência pode piorar com a idade; para diminuir estes episódios, comer em pequenas quantidades, mastigar bastante os alimentos; não engolir líquidos muito rapidamente.
 
 
Dieta e Recomendações: Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos - Reader´s Digest: coma bastante: iogurte feito com bacilos vivos; chás de hortelã e de funcho (sementes de erva-doce). Reduza o consumo de: alimentos gordurosos; feijões e outras leguminosas, cebolas, brócolis, membros da família do repolho e outros alimentos que agravam o problema; frutas e adoçantes à base de frutas, como sorbitol e a frutose. Evitar: leite no caso de intolerãncia à lactose; refrigerantes gasosos, goma de mascar, e uso do canudo por facilitarem a ingestão de ar; laxativos à base de farelos e fibras; doses altas de vitamina C. Muitos alimentos produzem gás metano pela fermentação das bactérias intestinais: soja, feijão roxo, lentilhas, ervilhas secas, portanto menos as lentilhas e ervilhas partidas , é interessante colocar os grãos de molho de 4 a 8 horas antes de cozinha-los para reduzir os açúcares indigestos que causam os gases. O beano, feito de enzimas naturais ajuda reduzir flatulência. Dirceu: dieta recomendada durante o tratamento: cortar margarinas, manteigas, carne vermelha, frituras gerais, refrigerantes (mesmo diet e tipo cola), todo tipo de gordura mesmo chocolates, usar leite desnatado com aveia fina (Oat brean), 2 vezes ao dia.
 

Página Anterior
Versão p/ Impressão